Em jogo morno, Galáticos JS derrota Betel, termina em quinto geral e pega Missionários nas oitavas do Carioca Evangélico

Por Jackeline Oliveira

Aconteceu neste sábado, 3/6, a sétima rodada do Campeonato Carioca Evangélico, no Campo do Agrião – Alto da Boa Vista. O Betel FC fez uma partida boa e equilibrada, porém o estreante desta edição levou a pior. O impetuoso Galáticos JS mais uma vez se mostrou forte e confiante em campo e saiu com a vitória de 2×1, se garantindo nas oitavas com a quinta melhor campanha e tendo a vantagem do empate para chegar às quartas.

O jogo começou tranquilo e equilibrado. O Galáticos JS não perdia tempo e qualquer passe errado dos adversários era mais uma tentativa de chute ao gol. Em uma dividida de bola o Betel FC fez falta e quem cobrou foi Diogo que bateu para o camisa 8, Cecílio Marques, que deu uma bicuda na redonda, mas o improvisado goleiro Vinicius defendeu. O Betel FC tentou armar o contra-ataque mas falhou. A equipe de Inhaúma tentava segurar a bola no pé, mas errava muitas trocas de passes e perdia claras oportunidades de gol.  O meio de campo do Galáticos JS não deixava que a bola chegasse perto do goleiro de jeito nenhum; a zaga do Betel fazia de tudo para segurar o ataque dos adversários, e apesar dos esforços, aos 18 minutos Filipe, camisa 7, mandou uma bala para dentro do gol, abrindo assim o placar; 1 x 0.

Após o revés, o Betel foi pra cima tentando forçar o time vermelho e branco a ficar mais recuado, mas a maior posse de bola do Galaticos JS era nítida, e não dava espaço para o time amarelo se mexer. Vinicius, craque do time de Inhaúma que teve que se virar como goleiro, se  destacou pelo desempenho em segurar o placar, pegou um chutaço de Victor e uma bomba do camisa 7. Outro lance interessante foi quando saiu de sua meta, driblou os atacantes até o meio do campo e tentou fazer o gol dali mesmo. A jogada foi mal sucedida e quase que o camisa 10, Diego, acertou de longe; a torcida foi à loucura. Fim do primeiro tempo.

Os dois times voltaram do intervalo com vontade de vencer. Ambos já estavam classificados, mas uma vitória valia estar entre os oito primeiros e ter a vantagem do empate nas oitavas. Não demorou muito para que o jogo ficasse mais agressivo. Valdeir fez falta em cima de Filipe, que cobrou e bateu em cima da barreira.  Outra tentativa do time vermelho e branco foi do camisa 6, Victor de novo apareceu, mas Vinicius pegou.

Mas não teve jeito e aos 15 minutos Filipe armou a jogada e deu o passe para o camisa 19, Marcos Paulo, que balançou a rede em grande estilo. Era o segundo do time vermelho e branco. Os meninos do Betel FC pareciam desacreditados, foram muitas tentativas e poucas finalizações, eles precisariam correr se quisessem mudar o rumo do jogo.

Em uma falta marcada a favor do Betel FC, Valdeir chutou a gol, mas errou e perdeu mais uma oportunidade. A dois minutos do fim, Erik armou uma espetacular jogada, saindo do meio de campo, e tocou para Reinado, que apareceu na partida pra fazer o gol de honra da equipe.  Final do jogo 2×1 para os Galáticos JS.

Um dos jogos mais aguardados ficou com um gostinho de “quero mais”. As equipes, apesar de terem feito um bom jogo, deixaram a desejar pelo excelente futebol que vinham fazendo nos jogos anteriores.

Agora é mata-mata e o Galáticos enfrenta o atual bicampeão Missionários precisando apenas do empate para avançar às quartas. Já o Betel encara o Ousadia e precisa vencer para seguir no Carioca. Os jogos são no próximo sábado, dia 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *