Galáticos JS segue avassalador, goleia Parábola FC e mantém os 100% no Carioca

Por Rodrigo Ávila

Em um jogo bastante pegado e intenso o tempo inteiro, Parábola e Galáticos se enfrentaram pela 4º rodada do Campeonato Carioca Evangélico. A partida prometia bastante, pois são equipes que gostam de ter a bola e envolver o adversário, mas o time de Ramos conseguiu impor o seu ritmo e golear por 7×3. O craque do jogo foi o meia ”Lipão”, autor de três gols.

Primeiro tempo de amplo domínio do Galáticos

O Galáticos começou a partida com tudo, sabendo o que iria fazer e deixando o Parábola sem reação. Com no máximo dois toques na bola, dominou completamente o adversário, principalmente com ”Lipão”, e o camisa 9, Wembley, que são habilidosos e mostraram estar com o entrosamento em dia.

Na tentativa de saída de bola, ”Lipão” pressionou o zagueiro adversário, roubou a bola e só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede, abrindo o marcador.

Mas não parou por aí. O Galáticos continuou pressionando, mostrando organização, mantendo a posse de bola e cansando o oponente. Seu pivô, Wembley, deu bastante trabalho para a zaga do Parábola, usando bem seu porte físico e deixando seus companheiros com chances boas de ampliar o resultado.

Yan e Filype Pinheiro, o ”Lipão”, trocavam constantemente de posição, confundindo a marcação adversária e achando espaços. Em uma dessas jogadas, Alus tabelou com ”Lipão” e saiu na cara do gol, 2×0, sem chances para o goleiro.

O time de Bangu estava completamente perdido e nervoso, com o seu treinador furioso a beira do campo, mas não adiantou. Em lance individual, Yan Silva fez 3×0, e parecia que a partida já estava resolvida.

Parábola ameaça reagir

Com muitas mudanças para o 2º tempo, o time da zona oeste aproveitou que tinha gás novo e voltou com outra postura. Em menos de 5 minutos, o placar já estava 3×2, gols de Jean de Oliveira, e de ”Café”.

O Galáticos ficou um pouco nervoso, e após chegada dura de Jefferson em Thiago, o camisa 77 foi expulso, deixando o Parábola mais esperançoso. Contudo, o time da zona norte soube reagir bem, e voltou com o futebol praticado na primeira etapa.

Wembley,”Lipão” e Alus chamaram a responsabilidade para si e mataram o jogo. Em 7 minutos, a partida já estava 6×2, praticamente colocando um prego no caixão do Parábola. Os azuis-grenás ainda descontaram com Charles, mas ”Lipão” fez o sétimo gol, decretando assim o fim da partida.

Mais três pontos para o Galáticos JS, que tem o melhor ataque (33 gols) e melhor defesa (12 gols sofridos) da competição, olho neles. Já o Parábola, que havia vencido os seus três primeiros jogos, conheceu a sua primeira derrota.

Na última rodada, ambos, já classificados para as quartas, enfrentam, respectivamente, o Galáticos da Catedral e o Maanaim FC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *