Israel da Bola derrota Partidários nos pênaltis e é o campeão do Carioca Evangélico

Por Marcio Nunes

Na tarde do último sábado, 8, ocorreu a final da 4ª edição do Campeonato Carioca das Igrejas Evangélicas em partida realizada no campo do Pau Ferro, Pechincha, Jacarepaguá. Em campo, Partidários e Israel da Bola mostraram o porquê de serem os finalistas e nos presentearam com um grande jogo. Teve expulsão, jogador lesionado, princípio de confusão, duas viradas de jogo, dez gols e decisão por pênaltis. Sim, meus caros, emoção foi o que, definitivamente, não faltou. Quem esteve presente, certamente não se esquecerá desta final. Para os que não tiveram o privilégio de assistir ao confronto, deixo aqui minha mais pura e sincera crônica do jogo.

O Primeiro Tempo.

01’ – No primeiro lance da partida, Victinho, do Israel da Bola, cobrou lateral e jogou a redonda na área, mas Gyan não conseguiu desviar para o gol.

02’ – Resposta do Partidários. Di Maria avançou pela direita e cruzou na área. Keké subiu para cabecear e mandou a bola por cima do gol.

03’ – Falta para o Partidários. Marcelinho foi para a cobrança, tomou distância e acertou um belo chute que passou rente à trave do goleiro Alex, que apenas observou.

04’ – Gyan avançou pela esquerda, puxou para a perna direita e arriscou de longe, mas Rodrigo segurou firme sem dar rebote.

05’Israel seguiu no ataque com Victinho que cruzou na área e Gyan desviou para o gol. A bola quicou em um “montinho artilheiro” e foi pra fora, levando muito perigo.

06’ – Lateral para o Israel. Victinho cobrou na área, mas a zaga cortou. No contra-ataque, Di Maria driblou o goleiro, mas a defesa fez o corte, evitando o primeiro do Partidários.

08’ – Quase gol contra! Di Maria cobrou escanteio para o Partidários e Bolt desviou. A bola bateu em Bruno, do Israel e quase entrou, mas o zagueiro conseguiu evitar o gol contra.

10’ – Quase o primeiro do Leão! Mazinho lançou para Juninho que chutou e a bola bateu na zaga. Na sobra, Keké arriscou da entrada da área e a bola passou muito perto, mas foi pra fora. O goleiro fez golpe de vista.

11’Goooool!!! Do Israel!!! Cobrança de lateral na área, Victinho desviou de cabeça e Afonso empurrou para dentro do gol. Jogada ensaiada. Israel da Bola 1 x 0 Partidários.

12’Gooooolaço!!! De empate!!! Ataque rápido do Partidários no cochilo da marcação adversária. Di Maria cobrou rapidamente o lateral e Juninho, de primeira, acertou um voleio. A bola deu um quique e encobriu Alex. Tudo Igual. Israel da Bola 1 x 1 Partidários.

13’ – Tivemos um pedido de tempo por parte do Israel.

16’ – Quase a virada! Azuis no ataque. Juninho recebeu um passe nas costas da zaga e bateu cruzado, mas a bola passou à esquerda do gol.

17’Goooool!!! Gyan! Em jogada característica do camisa 10 do time vermelho. Avançou pela intermediária, cortou pra direita, depois pra esquerda e bateu cruzado de fora da área. Rodrigo só olhou a bola morrer no fundo do gol. Israel da Bola 2 x 1 Partidários.

19’Goooool!!! Suado!! Partidários no ataque. Após duas tentativas que bateram na zaga, a bola sobrou para Marcelinho dar um toquinho e encobrir o goleiro. Tudo igual, de novo. Israel da Bola 2 x 2 Partidários.

20’ – Lindo lance! Victinho acertou um voleio no ar e a bola foi no ângulo, mas o goleiro Rodrigo, muito bem posicionado, fez a defesa.

21’ – Quase a virada dos Azuis! Marcelinho deu passe para Will que driblou o goleiro, mas na hora do chute, Bruno chegou de carrinho na bola para salvar o time.

22’ – Partidários seguiu pressionando. Marcelinho pegou de primeira de fora da área e a bola passou rente à trave.

23’Goooool!!! Virada sensacional do Leão de Bento Ribeiro! Will recuperou bola na intermediária, lançou para Marcelinho que deixou a pelota para o “xerifão” da zaga, Mazinho, bater na saída de Alex e virar o jogo. Israel da Bola 2 x 3 Partidários.

24’Lázaro pediu tempo logo após o gol para esfriar o jogo, faltando um minuto para o fim da primeira etapa.

Após um primeiro tempo muito equilibrado, de muita marcação e gols, o Partidários vencia o jogo com destaque para Juninho, sempre articulando as melhores jogadas do time e Marcelinho que entrou no decorrer da partida e deu mais velocidade à equipe. Pelo lado do Israel, Gyan, o motorzinho da equipe, tinha certa liberdade para fazer sua jogada tradicional dando um corte no zagueiro e batendo para o gol. Outro que estava muito bem em campo era Victinho, participando da maioria dos ataques e criando ótimas oportunidades.

O Segundo Tempo.

01’ – Quase!!! Daniel acionou Alessandro dentro da área, mas o meia chutou pra fora, na cara do gol.

02’ – Logo no início do segundo tempo, após um choque com um jogador do Partidários, Leonardo, do Israel, sentiu fortes dores e deixou o campo mancando.

06’Goooool!!! Empate! Victinho rolou para Afonso que dominou e acertou um chute cruzado alto no ângulo para empatar a partida. Israel da Bola 3 x 3 Partidários.

10’Israel no ataque. Victinho avançou com liberdade e bateu forte, mas Rodrigo defendeu e a zaga afastou o perigo no rebote.

11’ – Pressão do Israel. Gyan cobrou lateral na área e Afonso se esticou todo pra desviar para o gol, mas a bola passou direto e saiu pelo outro lado do campo.

12’Goooool!!! Virou o jogo! Victinho, louco pra deixar o dele, arriscou de fora da área, mas Afonso desviou e a bola passou entre as pernas de Rodrigo. Israel da Bola 4 x 3 Partidários. Lázaro pediu tempo para colocar ordem na casa.

14’ – Levantamento na área do Israel, Alessandro cabeceou e Alex fez boa defesa para o time de Irajá.

16’Messi arriscou um chute de fora da área e Rodrigo fez grande defesa. Na sequência, Mazinho afastou o perigo.

17’Momento lamentável. Princípio de briga na lateral de campo entre Zinho, do Israel e Keké, do Partidários. Lance foi bem na frente da nossa equipe. Em dividida de bola, Zinho cometeu a falta no camisa 7 dos Azuis que ficou caído. O jogador do Israel tentou chutar a bola, mas acabou acertando o adversário que se levantou e tentou dar um soco no camisa 11 do outro time. Felizmente ninguém se feriu e ambos fizeram as pazes fora de campo. O árbitro expulsou os dois envolvidos na confusão.

18’ – Pênalti(?) não marcado! Partidários no ataque com Marcelinho. O camisa 20 recebeu passe na frente, fez o giro em cima do marcador e foi derrubado dentro da área. O árbitro não marcou. Marcelinho recebeu cartão amarelo por reclamação.

19’Goooool!!! Israel abriu vantagem! Enquanto os jogadores do Partidários pararam para reclamar da não marcação de um pênalti no lance anterior, o goleiro Alex repôs a bola em jogo e iniciou um contra-ataque mortal do time vermelho. Três jogadores de cara para o gol e Gyan foi quem estufou a rede adversária. Israel da Bola 5 x 3 Partidários.

21’Gooooolaço!!! Di Maria!!! Recolocando o Partidários no jogo! O craque avançou pela direita, pedalou pra cima do marcador e acertou uma bomba no ângulo. Indefensável! Israel da Bola 5 x 4 Partidários.

22’Goooool!!! Sensacional! Tudo igual no placar! Di Maria cobrou lateral nos pés de Will que girou bonito e mandou para o fundo do gol. Israel da Boa 5 x 5 Partidários.

24’ – Quê isso?! Guile, camisa 3 do Israel fez falta dura em Di Maria que ficou caído no gramado sentindo muita dor no ombro. O árbitro não deu cartão amarelo.

25’ – Quase!! Partidários no ataque. Juninho recebeu passe de Mazinho na frente e bateu. Alex fez uma defesa espetacular de puro reflexo.

Quando o juiz apitou o fim do segundo tempo, um clima de tensão tomou conta do campo. Decisão por pênaltis. Para o Israel aquilo era uma novidade, visto que o time chegava em sua primeira final. Para o Partidários um pesadelo que parecia assombrar o time, derrotado nos pênaltis na final do Carioca na temporada passada e na final do Torneio de Verão do ano passado.

Pênaltis.

OIsrael da Bola. Na cobrança de Leonardo, goleiro para um lado e bola para o outro. 1 x 0

OPartidários. Michael na cobrança. Golaço. Sim. O garoto cobrou com categoria no ângulo. 1 x 1

OIsrael da Bola. Gyan bateu forte e, mais uma vez, goleiro de um lado e bola do outro. 2 x 1

OPartidários. Golaço, de novo. Yan foi pra bola e acertou um chute forte no ângulo. 2 x 2

OIsrael da Bola. Afonso, o craque do campeonato, bateu com firmeza no canto. Rodrigo nem se mexeu. 3 x 2

OPartidários. Marcelinho na bola. O camisa 20 chutou forte no canto e Alex não conseguiu evitar o gol. 3 x 3

OIsrael da Bola. Messi. Correu pra bola e bateu forte, sem chances para o goleiro. 4 x 3

OPartidários. Juninho. O cara do time. Se concentrou, partiu ao encontro da bola e… guardou. 4 x 4

OIsrael da Bola. Camisa 3, William foi para a cobrança. Em mais um chute no canto direito do gol. Novamente, goleiro de um lado e bola do outro. 5 x 4

XPartidários. Alessandro na cobrança. Muita pressão em cima dele. Tomou pouca distância. O juiz autorizou a cobrança. O camisa 16 foi para a bola, bateu… Pra fora!!! Por cima do gol! 5 x 4

Fim de jogo. Título inédito para o Israel da Bola e a taça foi para o bairro de Irajá, zona norte do Rio. O Partidários amarga seu terceiro vice-campeonato seguido. Com nove vitórias e dois empates na competição, o Israel é campeão invicto. Destaque para os três gols de Afonso, eleito craque do jogo e Bola de Ouro do Campeonato.

Foi, de fato, um jogaço. Duas grandes equipes com excelentes jogadores e que apresentaram o melhor futebol do torneio. Empate com dez gols no tempo normal e mais nove na disputa por pênaltis que terminou ao melhor estilo Roberto Baggio em 1994. E, assim, encerramos com “chave de ouro” este Carioca Evangélico que nos deu tantas alegrias. Muito obrigado à todos que nos acompanham e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *