Ministério Rhema vira Galáticos do Céu e conquista primeira vitória no Carioca

Por Thaise Lima

E foi nos embalos de sábado à tarde, que o Pau Ferro FC concedeu uma partida dos “Céus”, as equipes Arsenal do Céu x Galáticos do Céu foram com tudo na terceira rodada do Campeonato Evangélico.

O jogo iniciou meio devagar, análise tática sobre o adversário fez com o que o jogo ficasse mais lento, mas o Arsenal começou a dar impulso na partida quando o passe de Darlan de Oliveira para Thiago Motta abriu o placar da partida. Foi exatamente nesse momento em que o jogo começou a ficar quente, a equipe do Galáticos não ficou pra trás partiu com tudo e, com menos de um minuto de diferença da abertura do placar, um passe de Vitor para Carlinho, foi o suficiente para garantir o golaço da equipe Galática, igualando o placar da partida.

O 1×1 trouxe mais gana ao jogo, as equipes passaram a buscar o segundo gol o que deixou a peleja mais animada e disputada. O Arsenal, mais perigoso, conseguiu voltar a frente do placar em mais um bom passe de Darlan de Oliveira que, dessa vez, deixou para Rafael marcar. Mas a sina da partida parecia ser ficar empatada. Tal qual aconteceu antes, logo depois o Galáticos conseguiu empatar, em mais uma jogada da dupla Vitor e Carlinho, que fez seu segundo gol recebendo nova assistência do companheiro.

O jogo foi muito equilibrado no primeiro tempo, por mais que o time de Marechal parecesse mais perigoso. Melhor postado em campo, coletivamente esteve a frente do rival, que acabou sendo beneficiado pela ótima partida individual de seus jogadores de ataque.

No segundo tempo o azul do céu dos “galáticos” começou dominando o jogo, não que a equipe do Arsenal estivesse ofuscada ou desmotivada e por isso não estavam dominando a bola, longe disso, mas preferiu apostar no erro do adversário. Mesmo sem muitas oportunidades nesse início, conseguiu fazer seu terceiro gol com Renan. A aposta estava dando certo. Mas, esse era um jogo emocionante, adepto das viradas. O Galáticos permaneceu firme mesmo após o terceiro gol do Arsenal e quando menos esperou Vitor marcou um sensacional gol de pênalti, fazendo mais uma vez o placar da partida ficar equilibrado. O jogo voltou a ficar pesado e bem agitado, ambos os times lutando muito para abrir vantagem no placar, a partida estava bem empolgante, era bonito ver a dedicação de todos. De alguma forma criou-se um desespero, o jogo já perto da metade da etapa final, mas a partir daí a história do duelo começou a ser definida.

Foi depois de alguns minutos e várias tentativas de ambas as equipes em emplacar o desempate, que o passe de Pedro Souza fez Carlinho protagonizar seu terceiro e belíssimo gol, garantindo a vantagem do time azul pela primeira vez na partida. Não demorou muito tempo pra aumentar a diferença no placar, o camisa 8, Marcos Gonçalves, aproveitou o passe de Humberto e marcou o quinto do time de Mesquita. O Arsenal, que teve a vitória nas mãos duas vezes, partiu com tudo em busca do empate. A pressão deu resultado e Renan fez o quarto da equipe, mas poucos segundos antes de o árbitro apitar pela última vez no jogo.

Uma partida boa, ambos os times jogaram bem e tiveram participação nas jogadas, um jogo bom de assistir, principalmente quando nos deparamos com algumas mudanças, no caso a equipe que resolveu mudar foi a campeã do jogo, os meninos que agora são Galáticos do Céu na verdade eram Ministério Rhema. Pelo visto o mudar fez bem a equipe!

NOTAS:

MELHOR JOGADOR  – Carlinho – Nota 9

WANDERSON REIS -> CAMISA 3 ARSENAL = NOTA 4

RENAN SANTANA -> CAMISA 10 ARSENAL = NOTA 8

VITOR – CAMISA 10 GALÁTICOS NOTA 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *