MR FC reage no fim e empata em 5×5 com o Missionários pela terceira rodada do Carioca

O MR FC vem se destacando cada vez mais por ser um time de reações improváveis. Nesse sábado, pela terceira rodada do carioca, novamente a equipe de Campo Grande mostrou sua veia guerreira e salvou uma derrota certa. O missionários vencia o jogo por 5×2 e o time vermelho e branco conseguiu o empate. O duelo, em si, teve domínio do time de Belford Roxo, mas no final prevaleceu mesmo a igualdade.

O bicampeão queria a vitória a qualquer custo e começou o jogo dando as cartas. Logo aos cinco minutos, Henrique abriu o placar para o Missionários. Sonolento, o MR até tentava alguma coisa, mas de forma desorganizada. O time laranja, que crescia a cada minuto jogado, chegou ao seu segundo gol com o craque da partida, Marcos Vinicius. O primeiro tempo foi todo da equipe, que fazia sua melhor apresentação no carioca. Apostando no toque de bola, conseguia um bom dinamismo em campo e, por tabela, conseguia impedir as principais tentativas de ataque do seu adversário. Ambos buscavam sempre a referência de um pivô, com força de ataque pelas pontas. O Missionários marcava bem, mas o MR dava espaços preciosos ao rival.

Henrique, autor do primeiro gol, deu o passe que consagrou o segundo tento de Marcos. Com 3×0 no placar, o Missionários parecia construir sua vitória de forma tranquila contra um irreconhecível MR, que nem de longe lembrava o time do ano passado. Mas…

A segunda etapa trouxe o MR de volta ao jogo. Não que o Missionários tivesse relaxado, mas o time de Campo Grande voltou com outra pegada. E conseguiu diminuir com bela batida de falta de Giovane. O MR passou a pressionar e parecia disposto a reação, quando seu bom goleiro falhou e Marcos Vinicius fez o quarto da equipe de Belford Roxo, terceiro dele. Henrique quase fez o quinto do time, mas acabou chutando pra fora.

O MR chegou ao seu segundo gol em belo chute de Hugo, jogador essencial para a reação que viria. O jogo era bom. O quinto do Missionários veio com Luiz Carlos, após receber de Anderson. O MR até tentava, era guerreiro, mas o adversário sempre jogava uma ducha de água fria. Hugo marcou mais um para o MR, mas a derrota parecia clara. Até que perto do fim do jogo, dois gols em sequência, levaram o placar à igualdade. Gilmar foi premiado por boa atuação e, na saída de bola, num contra-ataque, Hugo acabou fazendo o quinto, referendando a reação de sua equipe e o segundo empate de ambos na competição.

NOTAS:

Marcos Vinicius (Missionários) e Hugo (MRFC) – 10

Gilmar (MRFC) – 8

Henrique (Misisonários) – 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *