Sete Vezes Mais surpreende, elimina Real BR do Carioca e pega nas quartas o Gênesis FC

Por Marcio Nunes

Na tarde do último sábado (05) Real BR e Sete Vezes Mais se encontraram no campo do Pau Ferro Futebol Clube em jogo válido pelas oitavas de final do Cariocão Evangélico Society. Atual vice-campeão e favorito, o Real, com aquele uniforme da Alemanha que até agora não deu resultado, fez um jogo bem diferente do que todos esperavam. Do outro lado o Sete, todo de azul, fez seu melhor jogo no campeonato.

Após um primeiro tempo de reviravoltas e muito equilíbrio, voltamos para a etapa final com o Sete muito mais focado, o Real totalmente desequilibrado, tivemos uma virada no placar, shoot out perdido, pênalti, reclamação da arbitragem, confusão, craque da partida marcando quatro gols e um placar justo.

O Primeiro tempo

Bastaram apenas três minutos para que um dos zeros saísse do placar. Ataque azul pela direita, Jonathas deu assistência para Whashington Luiz que bateu cruzado para inaugurar o placar. Dois minutos mais tarde Yuri cometeu pênalti em Luciano e, na cobrança, Di Maria soltou uma bomba no meio do gol tirando o outro zero do placar. Inspirado, Di Maria marcou seu segundo tento, a virada do Real, apenas dois minutos após marcar o primeiro. Em jogada individual pela direita, o camisa 20 arriscou o chute de longe e acertou no ângulo. Real 2 x 1 Sete Vezes Mais.

Aos onze minutos de jogo Di Maria marcou seu Hat-trick em chute cruzado após receber passe de Michael pela direita. E foi aí que a inspiração de um terminou e a do outro se fez presente. Di Maria cometeu pênalti e viu Whashington Luiz diminuir o placar. Bastaram mais dois minutos para vermos o Sete empatar. Yuri levou para a linha de fundo, cruzou pra área e Leonardo completou para o fundo do gol. O Real ainda pediu tempo para tentar reorganizar o time, mas nada aconteceu e a etapa inicial se encerrou com empate. Real BR 3 x 3 Sete Vezes Mais.

O Segundo Tempo

Foram 25 minutos de desequilíbrio emocional e tático do Real e de troca de passes e entrosamento do Sete. Mas quem ameaçou primeiro foi o time de branco através de seu artilheiro. Di Maria entortou o zagueiro com um drible desconcertante, bateu cruzado, mas mandou pela linha de fundo. Em menos de um minuto o Sete deu sua resposta. Pedro deu bom passe para Jonathas que, sozinho, bateu colocado para virar o jogo. O quinto gol do time de azul teve créditos ao goleiro Rodrigo. O problema é que Rodrigo defende o gol do Real. Tentou sair jogando, Pedro bloqueou o chute e a bola só bateu nele e voltou contra o próprio patrimônio. Real 3 x 5 Sete Vezes Mais.

O terror continuou. Leonardo descolou bom passe na frente para Whashington Luiz que arriscou o chute e viu a bola bater no goleiro e parar no fundo do gol. Foi o hat-trick do rapaz com nome de rodovia. Mas ele só parou quando fez jus ao nome do time. O Sete chegou o sétimo gol com o próprio Whashington Luiz. O craque arriscou de longe, Rodrigo deu rebote e o camisa 12 completou para o gol. Pra não dizer que o Real não fez nada na etapa final, Luciano teve seus méritos. Após chute de longe de Gabriel, o goleiro deu rebote e Luciano completou para balançar a rede pela última vez na partida. Real 4 x 7 Sete Vezes Mais.

O Real ainda teve shoot out no final do jogo, mas Michael perdeu, ou melhor, Bruno defendeu duas vezes. O último lance do jogo foi daqueles que comentamos durante dias para tentar entender como a trave é capaz. Felipe, do Sete, arriscou de bico de fora da área, a bola bateu na trave, correu por cima da linha, bateu na outra trave e voltou para o jogo, ficando com o goleiro Rodrigo. Mas foi isto. Fim de jogo. Real 4 x 7 Sete vezes mais.

Os Times

Real BR – Bom primeiro tempo, mas desligaram o motor ainda na metade da etapa inicial.

Sete Vezes Mais – Marcaram o primeiro gol. Cochilaram e levaram a virada. Tiveram poder de reação para igualar o placar ainda no primeiro tempo. Dominaram a etapa final. Nas quartas enfrentarão o Gênesis FC.

Estrelas do Jogo

Whashington Luiz (Sete Vezes Mais)10 – Jogou muito, marcou quatro gols e dispensa comentários.

Jonathas (Sete Vezes Mais)9 – Um gol, uma assistência, participou do jogo e teve outras oportunidades.

Di Maria (Real BR)9 – Três gols em um tempo e um drible desconcertante no outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *