Talentos da Fé volta a mostrar sua força e derrota União IBV pela segunda rodada do Carioca

Por Josy Figali

Talentos da Fé e União IBV se enfrentaram pela segunda rodada do Carioca Evangélico no tradicional Campo do Agrião, no Alto da Boa Vista. Num dia de muito calor, as duas equipes entraram em campo poupando energia em busca dos três pontos. Num jogo de oito gols, a vitória acabou sendo do Talentos da Fé que foi a equipe mais consistente nos 50 minutos de bola rolando. Foi a segunda vitória da equipe da Tijuca em dois jogos e a segunda derrota da equipe de Santa Cruz em duas rodadas.

Desde os primeiros segundos de jogo deu pra notar a vocação ofensiva do Talentos da Fé, que começou pressionando o adversário. O União IBV, por sua vez, iniciou a disputa um pouco mais recuado, apostando no erro do oponente para conseguir suas jogadas. O trio Guilherme, Diogo e Edirleo foi o grande diferencial do time da Academia da Fé e toda as jogadas de perigo passavam pelos pés de um desses três. Guilherme foi o que mais tentou, seja chutando ou passando a bola, mas o primeiro gol saiu do pés de Edirleo, em grande jogada individual que terminou num golaço. 1×0. Pelo lado do União, Marcos Junior era o mais lúcido. O camisa 11 tentava algo no ataque e ajudava na defesa, quando, por exemplo, evitou gol certo de Diogo, após linda tabela com Edirleo.

O domínio era do Talentos, que chegou ao segundo gol com Eduardo, após receber bom passe de Edirleo. 2×0. Aos 14 minutos, numa rara vacilada do bom sistema defensivo do adversário, o União diminuiu com Joldair. 2×1. Aos 18 minutos, Guilherme fez linda tabela com Diogo e fez o terceiro do Talentos. 3×1. O jogo do time vinho fluía, especialmente pela apatia do União, que até tinha momentos de muita vontade, mas sucumbia sempre ao rival. O quarto gol saiu dos pés de Diogo, após receber de Ronaldo. 4×1. Antes do apito final do árbitro, Marcos Junior fez um golaço e diminuiu para 4×2.

Ciente de que uma nova derrota seria muito ruim para suas ambições no campeonato, o União veio para o segundo tempo com mais organização e vontade e passou a incomodar muito mais o adversário, que entrou em campo um pouco mais sonolento que o costume. Tanto que antes do cinco minutos, o time azul e vermelho já tinha feito seu terceiro gol com Yan. 4×3. A partir de então, o duelo foi bem mais disputado com o melhor momento do União, que pressionou muito pelo empate. Yan e Fernando foram os que mais tentaram nessa etapa, principalmente o segundo, que obrigou o goleiro Bruno a fazer boa defesa aos 10 minutos. Um pouco antes o Talentos ameaçou em dois lances, um deles na trave, mas o momento parecia do time de Santa Cruz.

No entanto, aos 21 minutos da etapa final, Diogo, o craque do jogo, usou a parte do campo onde mais tem intimidade, a ala, para fazer o quinto do Talentos. 5×3. Nos minutos finais, o jogo ganhou ainda mais emoção, com o União se lançando ao ataque e dando espaços ao Talentos, disputa bem aberta. Bruno fez boas defesas e ajudou sua equipe e a trave livrou o União de levar o sexto. Mas o placar ficou mesmo em 5×3 para o Talentos da Fé.

NOTAS

Diogo (Talentos) – 9 – Melhor jogador da partida, foi ameaçado por Fernando, do adversário, mas pelos gols e pela vitória mereceu a escolha.

Ricardo (Talentos) – 6 – Mal no primeiro tempo, o camisa dez melhorou no segundo e ajudou sua equipe a suportar a pressão do União.

Clécio (União IBV) – 4 – No segundo tempo o goleiro do União até fez boas defesas, mas na primeira etapa esteve mal e levou quatro gols, em pelo menos dois estava mal colocado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *