Valentes de Cristo e Partidários fazem grande jogo, empatam em 3×3 e seguem sem vitórias no Torneio de Inverno

Por Marcio Nunes

Um duelo particular entre calor e frio foi registrado no Campo do Agrião na tarde do último sábado, 29. Enquanto o vento soprava gelo, o sol lutava por um espaço em pleno inverno e tentava nos aquecer. Dentro de campo, Partidários e Valentes de Cristo fizeram um jogo muito equilibrado, com duas viradas no placar e um empate mais do que justo no final em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos do Torneio Evangélico de Inverno. Foram apenas seis gols, mas foi um jogo em que goleiros fizeram defesas espetaculares, paradas técnicas surtiram o efeito desejado, defensores tiveram sucesso na marcação durante a maior parte do tempo, meias conseguiram articular jogadas mesmo quando não havia espaço e o famoso hat-trick (quando um jogador marca três gols em uma partida).

O Primeiro Tempo

Às 12:08h foi dado o pontapé inicial. Não demorou para o atual vice-campeão do Carioca Evangélico dar sua primeira investida. Com um minuto de jogo,  Di Maria cruzou pra área, Alessandro cabeceou livre de marcação em cima do goleiro que não deu rebote. No lance seguinte, Will deixou curto com Di Maria que acertou um belo chute, mas o goleiro Igor fez grande defesa e desviou pela linha de fundo. Na cobrança do corner, Di Maria jogou na área e Hiago desviou, mas a bola passou muito perto da trave e foi para fora.

Com três minutos de bola rolando, no primeiro ataque do Valentes, Gabriel avançou pela intermediária, chutou de bico e acertou no cantinho do gol, abrindo o placar. Valente de Cristo 1 x 0 Partidários. À partir do gol, o jogo começou a ficar muito pegado no meio do campo.  Apesar de errarem muitos passes, os Leões perceberam os espaços deixados pelo time de vermelho e começaram a pressionar . Mazinho bem que tentou, mas em chute de longe, viu a bola passar rente à trave, pra fora.

O time de Bento Ribeiro foi pra cima. Juninho levantou para Di Maria que cabeceou à queima roupa e obrigou Igor a fazer uma defesa sensacional. No lance seguinte, em grande troca de passes, Alessandro tocou para Di Maria que deixou com Will, mas o chute foi pra fora. Vendo que o gol de empate do adversário era apenas uma questão de tempo, Davi pediu tempo para reorganizar seu time. A parada até surtiu efeito, mas não a tempo de evitar o empate. Quando Di Maria Levantou a bola na área, ninguém afastou o perigo e a redonda caiu nos pés de Juninho que pegou de primeira e mandou entre as pernas do goleiro, empatando o jogo. Valentes 1 x 1 Partidários. Em contra-ataque rápido, Di Maria deixou na frente para Alessandro que bateu forte e viu Igor fazer uma defesa com o pé. Grande atuação do camisa 1 do Valentes.

O time de Vila Isabel deu o troco. Em falha de Juninho, Luiz Carlos ficou com a bola, deu o corte em Alessandro e bateu da entrada da área. A bola passou muito perto, mas pra fora. Em resposta, Mazinho avançou livre pela direita até a linha de fundo, cruzou rasteiro, mas ninguém apareceu pra empurrar para o gol e a bola passou na frente da meta. Em lance incrível, o Leão de Vila Isabel tocou bola dentro da área adversária. Davi rolou para Wellington que deixou para Gabriel devolver curtinho para o camisa 4, na cara do gol, bater colocado pra fora. Excesso de preciosismo.

Ataque fatal do Partidários. Lançamento de Di Maria pra área, Will desviou de cabeça e a bola bateu na trave. Na volta, Di Maria rolou para Juninho que dominou, deu o corte no zagueiro e acertou no cantinho pra virar o jogo. Valentes 1 x 2 Partidários. No último lance do primeiro tempo, os Azuis conseguiram a virada.

Foi uma etapa inicial bastante movimentada. O Valentes imprimiu uma forte marcação no início da partida, conseguiu um gol com três minutos, mas relaxou e deu espaços. A experiência do time de Bento Ribeiro fez a diferença para conseguir buscar o resultado e virar o jogo com paciência. Destaque para o camisa 1 do time de vermelho, Igor, que fez diversas defesas incríveis.

Lance Curioso

Aos 19 minutos, em saída de bola do Partidários, Rodrigo deixou na direita com Alessandro. Por nenhum motivo explicável, o camisa 7 tentou fazer uma virada do jogo próxima à sua área e para onde não havia nenhum companheiro de time. No meio disso e não tendo nada a ver com essa história, Gabriel se antecipou, pegou a bola no ar e arriscou, mas pegou mal e Rodrigo teve tempo de se recuperar. O problema é que o goleiro não percebeu e usou as mãos para afastar a bola fora da área.

O Segundo Tempo

No início da etapa final, vimos um Valentes muito fechado e marcando ainda melhor do que no começo da partida. O Partidários tentava encontrar espaços, mas sem sucesso. Virando a bola de um lado para o outro e sem conseguir uma brecha para atacar, o time tentou apelar para o talento individual, mas sem sucesso, novamente. Perdendo o jogo, a esperança de Davi e companhia era roubar a bola e tentar um contra-ataque, sabendo que o adversário, mesmo com vantagem no placar, continuaria atacando e buscando ampliar seus números, ficando suscetível a erros.

E foi o que aconteceu. Em uma roubada de bola, o representante da igreja Valentes de Cristo foi ao ataque com três jogadores contra apenas dois do adversário, mas Wellington não teve a malícia para aproveitar a chance e arriscou de longe, em cima da zaga. Os Azuis continuavam tentando furar o bloqueio imposto pelo Valentes. Di Maria deu lindo chapéu em Samuel, cruzou na área, mas Alessandro furou na hora do chute, desperdiçando uma grande chance de ampliar o marcador.

Após um pedido de tempo, o Valentes foi pra cima e começou a pressionar. Em grande chance de gol, Túlio arriscou o chute e foi a vez de Rodrigo brilhar em campo. O goleiro fez uma excelente defesa. No rebote, Wellington cabeceou e viu Rodrigo fazer mais uma grande defesa. Na sequência, a zaga afastou o perigo. O Partidários começou a errar muito e sentiu a presença do adversário no seu campo de defesa. Não conseguindo sair para o jogo e errando passes, o time ficou acuado e assistindo o Valentes de Cristo crescer em campo. Gabriel pegou a bola no campo de defesa, ganhou do marcador três vezes e encheu o pé para boa defesa de Rodrigo.

Cada vez mais perto do gol de empate, o Leão Vermelho criava ótimas oportunidades. Luiz Carlos lançou para Gabriel que chutou forte e viu Rodrigo fazer mais uma grande defesa. Em cobrança de falta de muito longe pelo time do Valentes, Rodrigo espalmou e Hiago quase fez contra quando a bola foi em sua direção, tentou dominar e viu a pelota tocar na trave. Em meio a este bombardeio do time de vermelho, Guilherme soltou um balaço de fora da área e viu o goleiro adversário se atirar na frente da bola pra impedir, mais uma vez, o gol de empate. “Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. A melhor expressão para definir o momento. Depois de muito insistir, o time de Vila Isabel chegou ao empate. Wellington tocou para Samuel que soltou a bomba e acertou no cantinho. Valentes 2 x 2 Partidários.

O Partidários tentou sair para o jogo, mas sentiu o golpe. Em novo ataque do Valentes, Wellington deixou para Guilherme que bateu forte e acertou no pequeno espaço entre a trave e o goleiro. Falha de Rodrigo que estava no lance. Virada no placar. Valentes 3 x 2 Partidários. Tentando reagir, os Azuis foram pra cima. Em cobrança de falta, Juninho bateu forte e colocou muito efeito na bola. A redonda desviou na barreira e Igor fez uma grande defesa. Hiago cruzou na área e Will tentou desviar de cabeça, mas Igor, sempre ele, espalmou para fora. A dois minutos do fim, o Partidários teve a chance de ouro pra empatar. Shoot Out. Juninho foi para a cobrança, avançou com a bola e, com o goleiro quase em cima, encheu o pé acertando o travessão e vendo a pelota morrer no fundo do gol e marcando seu hat-trick. Valentes 3 x 3 Partidários.

A emoção durou até o último minuto. Primeiro com o Leão Vermelho em chute de Edirleo para defesa de Rodrigo. No lance seguinte, o último do jogo, Mazinho tocou para Will que chutou bonito, mas Igor, coroando sua bela atuação, tocou com a ponta dos dedos e evitou a derrota. Após o lance, o árbitro soou o apito final e pediu a bola. Fim de Jogo. Empate justo no placar.

Destaque do ValentesWellington que deu duas assistências, Gabriel que foi muito bem na marcação, além de marcar um gol e o goleiro Igor, que foi o melhor pelo time e poderia, facilmente ter sido escolhido como o melhor jogador em campo.

Coletivamente, o Leão Vermelho foi muito bem na marcação e possui um ótimo sistema defensivo que sabe se posicionar. O time avança bem pelos flancos e conta com um dos melhores, senão o melhor, goleiro do torneio.

Destaque do Partidários: Juninho e seu hat-trick levaram o prêmio de melhor em campo. Di Maria se destacou individualmente e deu uma assistência. Rodrigo, apesar da falha no terceiro gol do Valentes, demonstrou bastante segurança e fez grandes defesas.

Coletivamente, o Leão de Bento Ribeiro segue muito forte, mas ainda busca o entrosamento definitivo que perdeu com a ausência de peças importantes do elenco que disputou o Carioca Evangélico. Também falta Lázaro à beira do campo para comandar o time à vitória.

O Valentes vai para a última rodada da primeira fase em busca da vitória contra o líder do grupo, Ousadia. O Partidários enfrenta o Talentos da Fé e precisa da vitória a qualquer custo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *